Destacando frases em livros

Cada pessoa tem uma maneira de destacar frases que achou interessantes em seus livros. Hoje eu gostaria de compartilhar com você o método que encontrei como sendo o ideal para mim.

Antes eu sublinhava como no exemplo que fiz abaixo, mas visualmente essa forma me incomodava.

texto-destacado-com-sublinhado

Então, passei a fazer pequenos riscos (sempre à lápis) na lateral do texto.

texto-destacado-com-linha-lateral

Para mim, a releitura fica visualmente melhor, pois não há nenhum “obstáculo” no próprio texto, exceto os riscos laterais, embora às vezes os riscos não fiquem tão discretos devido a quantidade de linhas destacadas.

Cada pessoa possui seu próprio método

Há pessoas que gostam de destacar o texto de maneira mais intensa, marcando-o com canetas apropriadas ou lápis coloridos. Também há os que preferem sublinhar o texto. Acredito que isso esteja relacionado com o tipo de personalidade de cada um.

Eu encontrei essa maneira mais simples, que tem mais a ver com a simplicidade que procuro ter na vida.

Não há um método certo ou errado, pois assim como em tudo na vida, cada um possui seu próprio caminho.

E você? Qual método costuma utilizar para destacar textos em seus livros? Compartilhe aqui para enriquecer o post!

28 comentários em “Destacando frases em livros”

  1. B9m dia de paz, querida amiga Rosana!
    Tenho por habito Ler e anotar a essencia na hora. Com netbook a mao, ou computador eu vou logo digitando para guardar.
    Se nao faco na hora exata, faco logo em seguida.
    Leio muito e sempre. O mesmo tanto que esvrevo.
    Nao guardo mais muitos livros e, arquivado o resumo, imprimo o perfume literario no 💟
    Sempre fiz assim e tambem marquei a Biblia, quando a estudei, com marcador de texto.
    Muito bom o post, querida!
    Tenha dias felizes e abencoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    Responder
  2. Oi Rosana!

    Desde que mudei para o Kindle, esse processo ficou muito mais fácil. Gerencio todas as notas pela WEB.

    A propósito, atualizei ontem o texto que comparo o Kindle com os livros físicos e tablets, se desejar ver detalhes de como gerenciar as notas.

    Abraço!

    Responder
  3. Bom dia Rosana!
    Eu, costumo marcar igual a você.
    Acho que o livro fica com um aspecto mais limpo.
    E, algumas vezes, além de marcar no livro, costumo anotar em um caderno, algumas frases que me tocam muito.

    Abraços, Deus esteja sempre com você!

    Responder
  4. Ola, Rosana!
    Antes do kindle sublinhava os trechos de que mais gostava.
    O kindle simplificou esse processo e permitiu a inserção de notas pessoais.
    Depois de um tempo, caso queira reler o livro, tenho por hábito ir direto aos trechos já marcados.
    Abraços!

    Responder
  5. Oi Rosana
    Tenho sempre dentro do livro uma folha em branco e quando gosto da frase escrevo na folha o número da página que encontrei a frase e depois passo para o caderno, tenho vários cadernos de frases kkkkkk. Bjs querida.

    Responder
  6. Nossa, Rosana. Eu uso sistemas variados. Livros didáticos eu risco com mais liberdade. Mas quando vou riscar um trecho maior, como um parágrafo inteiro, aí costuma riscar só o começo de cada linha ou fazer tipo um colchete na lateral pegando o trecho todo. Livros impressos que são apenas para uma leitura de lazer tenho um pouco de dó de riscar. Já no kindle, risco com mais liberdade porque sei que aquilo não precisa ser definitivo, né.
    Bjos

    Responder
  7. André,

    Interessante gerenciar as notas pela web. A tecnologia facilita muito a vida.

    Ainda não me acostumei com livros digitais… Mas acredito que não demorará muito para que a maior parte dos títulos seja disponibilizada somente nesse formato.

    Boa semana!

    Responder
  8. Edna,

    Eu também acho que dessa forma o livro fica com um aspecto mais limpo.

    Eu também anotava em um caderno as frases que mais gostava, porém há alguns anos optei por anotá-las em um e-mail destinado para isso.

    Esse e-mail fica no formato de rascunho anual e quando termina o ano, inicio um novo com as novas anotações.

    O e-mail finalizado guardo na conta de origem e também em um e-mail de backup.

    Boa semana!

    Responder
  9. Blog Ler e Poupar

    Por tudo o que já li, o kindle facilita muito o processo. Até por que você já pode ir direto aos trechos marcados, sem precisar olhar página por página.

    Simplificar o que for possível tem se tornado algo muito importante, pois vivemos em uma sociedade bem complicada.

    Gostei do seu blog, vou acompanhar.

    Boa semana,

    Responder
  10. Lucinalva,

    Eu já utilizei o seu método ou também anotar direto em um caderno. Porém com o tempo, mudei a forma de anotar as citações que considero mais interessantes de livros que tenho a intenção de me desfazer.

    Deixo tudo em e-mail fica no formato de rascunho anual e quando termina o ano, inicio um novo com as novas anotações.

    O e-mail finalizado guardo na conta de origem e também em um e-mail de backup.

    Esse e-mail fica no formato de rascunho anual e quando termina o ano, inicio um novo com as novas anotações. O e-mail finalizado guardo na conta de origem e também em um e-mail de backup.

    Boa semana!

    Responder
  11. Marcella,

    Interessante você ter vários métodos para os diversos tipos de livros que utiliza. Boas opções, gostei.

    Como eu disse nos comentários anteriores, espero me acostumar também com os livros digitais algum dia, já que a facilidade parece ser muito grande como você também disse aqui.

    Boa semana!

    Responder
  12. Oi Rosana!

    Muito interessante o texto! Eu gosto de usar caneta marca texto da cor verde, pois não é tão fraca quanto a amarela, mas não tão forte quanto a de cor azul. Tem me servido bem.

    Agora, quando eu destaco um parágrafo inteiro, aí não faz muito sentido o marca texto, e uso o sistema de uma reta vertical do lado do parágrafo, exatamente o segundo sistema usado por você.

    Bem sei das vantagens desse sistema, que deixa o texto mais limpo.

    Gosto de usar o marca texto verde não sei explicar bem, acho que vem da adolescência quando testei diversos tipos de marcação, e gostei mais da marcação usando o verde.

    Também uso, às vezes, um sublinhado com lapiseira, na leitura inicial, pois gosto de fazer apontamentos e escrever algumas notas na medida em que a leitura avança.

    Abraços!

    Responder
  13. ouvi um podcast esses dias, acho que foi no Café com Adm, e o autor entrevistado fazia o seguinte:
    ele tem uma planilha de excel, onde cada aba é um livro. Nela, ele transcreve os trechos interessantes. Usa isso como fonte de pesquisa, pra quando precisa produzir conteúdo. Achei bem interessante.

    Responder
  14. Guilherme,

    Interessante você utilizar três sistemas em conjunto, sendo um para cada objetivo.

    Em relação a cor verde da caneta de grifar, também penso que pode estar relacionado à adolescência. Há coisas que a gente acaba levando para a vida adulta com muito carinho e uma certa dose de nostalgia.

    Boa semana!

    Responder
  15. Vida Rica,

    Muito interessante essa ideia. Facilita a busca por um determinado título e fica bem mais organizado.

    Eu costumo utilizar o One Note do Office para anotações diversas que serão apagadas. Ele também possui o formato de abas (laterais). Não tem muito a ver com o assunto, mas fica a dica.

    Boa semana!

    Responder
  16. Toninho,

    Eu também utilizo o método de transcrição para livros que sei que não vou ler outra vez, de forma que serão destinados à venda ou doação.

    Está sendo bem interessante ler as respostas e os diversos métodos utilizados. E percebi que a maioria mudou de método com o tempo, ou seja, a impermanência da vida mais uma vez se faz presente de forma positiva.

    Boa semana!

    Responder
  17. Confesso que no momento faço como você, Rosana… mas colocando um asterisco ao lado!… :-))
    Sendo uma geminiana… tendo a ser um pouco distraída… e por isso gostando de achar o que destaquei, de uma forma que me salte logo à vista, na pagina de um livro!…
    Beijinhos
    Ana

    Responder
  18. Ana,

    Por se considerar mais distraída, você poderia destacar então com algo mais chamativo, como um risco curvo, uma forma oval ou um retângulo ao lado do texto. Poderia ser até colorido, com uma cor diferente da fonte do texto. O que acha?

    Um bom final de semana!

    Responder

Deixe um comentário