Fax e scanner – e o que eles têm a ver comigo e com você

Fax e scanner de mesa hoje em dia são peças de museu.

Esses dois produtos eletrônicos que um dia foram tão caros, admirados e desejados não possuem mais utilidade alguma, pois as novas tecnologias os tornaram obsoletos em pouco tempo.

 

scanner e aparelho de fax antigo

 

Há produtos que vieram para ficar.

Utilidades criadas há décadas ou séculos pela humanidade perduram até hoje com poucas ou nenhuma modificação.

Veja alguns exemplos:

– Colheres

– Copos

– Papel

– Calça jeans

– Sapatos

– Lápis

Mas no mundo dos eletrônicos, a velocidade de desenvolvimento e comercialização de novos produtos é muito alta.

Bom para nós consumidores, pois as novas tecnologias estão aí para facilitar nossa vida – embora muitas vezes haja um certo exagero no uso e assim, o que era bom acaba se transformando em vício.

 

Voltando ao título do post – fax e scanner

Fax e scanner tornaram-se obsoletos.

Sem valor.

Não houveram para eles atualizações disponíveis para que pudessem concorrer com as impressoras com scanner integrados (utilizadas até hoje) e com o envio de mensagens e documentos por e-mail. Pensando bem, qualquer tipo de atualização estaria bem abaixo das novas tecnologias disponíveis na época.

As novas tecnologias tiraram de cena o scanner de mesa e aposentaram de vez o aparelho de fax.

Diferentemente dos produtos citados, nós somos capazes de passar por grandes, significativas e importantes “atualizações”.

Algumas “atualizações” a própria vida nos impõe através de problemas e imprevistos. A maneira como reagimos à eles é o que fará toda a diferença.

Se a reação for no sentido da aceitação e da resolução, as chances de sucesso são muitos maiores do que quando a reação for no sentido da negação, da revolta ou da discussão.

Um exemplo: em uma colisão entre dois automóveis, qual das duas será a resolução menos problemática: aceitar o que não pode ser modificado e buscar uma solução ou partir para a discussão ou até violência?

Outro tipo de “atualização” refere-se ao que optamos por modificar de maneira voluntária e consciente. A lista é bem abrangente: desde hábitos até cursos voltados para o desenvolvimento pessoal e profissional.

 

A vida não vai esperar você mudar

A vida não para.

O mundo não para.

Quem fica estacionado, quem não se atualiza, na realidade não está parado, mas regredindo, pois ao parar em um degrau na escada do conhecimento e desenvolvimento pessoal, outros estão subindo, inclusive os que estavam no mesmo degrau que você. Ou até abaixo.

 

Você e eu não precisamos saber de tudo!

A base do conhecimento humano dobra cada vez mais rápido (em 2017 dobrava em apenas 13 meses), mas a mente e o tempo são limitados para que uma pessoa consiga armazenar uma boa parte desse conhecimento em sua mente. Por isso, diante do vasto mundo do saber, é necessário escolher alguns temas sobre os quais aprender de forma profunda durante a vida.

E nos temas escolhidos, sempre haverá algo novo a ser aprendido, pois novas descobertas são feitas todos os dias. Ou seja, mais atualizações estarão disponíveis para que um grau mais avançado de conhecimento seja alcançado nas áreas escolhidas.

 

Atualizações clássicas

Como seres imperfeitos, precisamos de atualizações clássicas que estão disponíveis há milênios para o aperfeiçoamento do caráter.

Veja alguns exemplos:

        

– Humildade

– Coerência

Honestidade

– Prudência

– Integridade

– Sinceridade

Se não houver interesse no desenvolvimento de valores pessoais, o que pode se esperar, não apenas da pessoa em questão, mas também da sociedade em que ela vive, se consideramos que o poder da influência é muitas vezes muito maior do que se tem consciência?

 

A palavra convence, o exemplo arrasta

O desenvolvimento de valores é sempre positivo, pois ao ter consciência de estar fazendo o correto, sentimentos de satisfação, alegria e paz estarão presentes.

Para pensar: quais valores você acredita que precisa desenvolver?

Dentre eles, quais seriam os prioritários?

Pensando nos dois últimos anos que foram tão atípicos e tensos, quais valores você percebe que foram enfraquecidos e que precisam ser treinados para voltarem à forma anterior – ou até melhor do que isso?

A caminhada poderá ser longa, mas os resultados podem ser surpreendentes.

 

placa com as palavras faça esse mundo melhor

 

Conclusão

Fax e scanner são produtos que não vieram para ficar.

Apesar de muito úteis no passado, as novas tecnologias em pouco tempo os tornaram obsoletos.

Assim como eles, sem atualizações em relação ao desenvolvimento pessoal e profissional, nós também podemos transformar-nos em menos – ou em muito menos – do que realmente podemos ser.

Podemos desperdiçar nosso potencial e destruir nossos valores através de escolhas equivocadas. Para que isso não ocorra, é necessário interesse em sempre aumentar o grau de conhecimento já adquirido e exercitar os valores da melhor forma possível.

Se você quer colher bons frutos amanhã, plante boas sementes hoje.

 

Créditos das imagens: Klaus Aires Alves e Alexas Fotos – Pixabay

 

        

12 thoughts on “Fax e scanner – e o que eles têm a ver comigo e com você”

    • Scant,

      Eu não imaginava que um país como o Japão ainda utilizasse fax. Agradeço pelo link. Vou ver.

      Scanners ainda são práticos, mas acho que hoje em dia a preponderância é mesmo no ambiente corporativo.

      Abraços,

      Reply
  1. Olá Rosana
    Excelente postagem. A cada dia a tecnologia avança e a tendência é realmente algumas coisas perderem o valor. Aprender temas relevantes faz toda diferença na vida, que possamos escolher os valores com sabedoria. Bjs querida.

    Reply
    • Lucinalva,

      “Aprender temas relevantes faz toda diferença na vida, que possamos escolher os valores com sabedoria.”
      Gostei muito da sua frase. Você disse tudo.

      Abraços!

      Reply
  2. Boa noite de paz, querida amiga Rosana!
    Se não houver interesse no desenvolvimento de valores pessoais…
    O mundo vai por água abaixo, na certa.
    Boas colheitas, li na semana, muitas vezes independe de nós, plantamos e não colhemos pela ruindade de alguns seres.
    Podemos confiar totalmente que damos o que somos. Colher é outro plano e dependemos dos valores dos outros com quem relacionamos.
    Assim tenho visto.
    Tenha dias abençoados com paz!
    😘🕊️💙

    Reply
    • Rosélia,

      Por tudo o que disse, precisamos cada vez mais nos interessarmos pelo autoconhecimento, pois é através dele que encontraremos nossas afinidades e valores pessoais mais importantes. E isso pode ser o começo de uma longa e interessante jornada.

      Abraços!

      Reply
  3. Excelente texto, Rosana.

    Tudo isso nos leva a pensar sobre a impermanência das coisas, e a necessidade de sempre nos, como você bem disse, atualizarmos em nosso conhecimento, valores e aprendizado contínuo, pois há determinadas coisas que são imutáveis (como os valores).

    Abraços!

    Reply
    • Guilherme,

      Seu comentário me fez lembrar novamente de como é importante termos consciência da impermanência. Pois querendo ou não, ela é uma parte indissociável da vida.

      Abraços!

      Reply
  4. Um ótimo texto , claro e bem fundamentado . Muito válida o paralelo que vc fez sobre o rápido caminhar da tecnologia , o nosso “querer” acompanhar , mas cada um dentro de suas limitações escolhendo a área que mais lhe trai . Tudo acontece muito rápido em se tratando de tecnologia e há sim a necessidade de acompanhar esse crescimento para não ficarmos estagnados notempo . Abraços .
    https://kantinhodaedite.blogspot.com

    Reply
    • Edite,

      E a estagnação é uma das piores coisas que podemos fazer por nós mesmos.

      Agradeço por seu comentário. Espero que goste do conteúdo do meu blog! 🙂

      Reply

Leave a Comment