O melhor é ter saúde para trabalhar

Ter saúde para trabalhar poderia ser um consenso. Mas não é.

Os fatos abaixo aconteceram há quase 15 anos. E foram tão impactantes para mim, que nunca os esqueci.

Talvez o intervalo de menos de um mês entre os dois tenha tornado o contraste entre eles ainda mais acentuado.

 

Fato 1

Um rapaz de 25 anos tinha um filho pequeno.

Várias vezes por ano, ele levava a criança ao médico e apresentava um atestado de acompanhamento.

Muitas vezes, o motivo de doença era real. Mas nem sempre.

Um dia, ele me contou que quando não estava muito disposto a trabalhar, levava o menino ao médico e pedia para ele falar que estava com dor de garganta. Mas na verdade, não havia dor nenhuma.

Com 5 anos não se tem muito discernimento e como era um pedido do pai, a criança mentia para os médicos.

 

saúde para trabalhar - miniatura homens trabalhando em conserto de smartphone

 

Fato 2

Um senhor, na faixa entre 60 e 70 anos, via as faltas constantes do rapaz e então disse uma frase que na época me causou um certo impacto.

Porém, com o passar do tempo e com as doenças crônicas relacionadas ao estilo de vida se alastrando cada vez mais por praticamente todo o mundo ocidental, percebi que a frase dele faz muito mais sentido do que eu poderia imaginar na época.

Até porque, por sua faixa etária, penso que ele já sabia que lidar com doenças crônicas – suas ou de familiares – não é algo agradável ou fácil.

A memorável frase foi a seguinte:

“É muito melhor ter saúde para trabalhar do que ficar em casa com atestado.”

Acredito que ele tenha toda razão.

 

Saúde para trabalhar

Todos nós queremos ter saúde. 

Mas sejamos sinceros: nem todos querem ter saúde para trabalhar.

Muitos querem ter saúde e disposição para passear, fazer compras, viajar, etc. Não que isso seja errado, muito pelo contrário: queremos e merecemos ter saúde para os momentos de diversão também.

Porém, é preciso que cada um de nós queira também ter saúde para o trabalho.

Assim como a diversão, a família, os amigos e os sonhos, o trabalho também faz parte da vida.

 

O trabalho pode ser um grande professor

Não me refiro aqui ao conhecimento técnico, mas sim ao que podemos aprender no trabalho sobre disciplina, organização, prazos e relacionamentos interpessoais.

Se você tem um prazo estabelecido para entregar um relatório, a disciplina e a organização precisam estar presentes. Além disso, os colegas de seu próprio setor (ou de outros) também podem ser valiosas fontes de informações ou sugestões.

Ninguém é uma ilha. Como em todas as outras áreas da vida, necessitamos uns dos outros. E o trabalho pode nos ensinar isso de maneira muito eficiente.

Inclusive como um bom auxiliar para que cada um de nós seja capaz de lidar melhor com atitudes egoístas, de superioridade e de uma ilusória autossuficiência – nossas e dos outros.

 

Mas e a rotina cansativa e entediante de trabalho?

Não sei qual é a sua profissão.

Tampouco sei se a sua rotina de trabalho é tensa, com excesso de atividades para pouco tempo. Se você é cobrado demais ou se seu salário passa bem longe do que esperava – para pior.

Talvez para algo em torno de 80 ou 90% das pessoas, o trabalho não seja mais do que uma obrigação. E não muito além disso.

Mas se pensarmos na pandemia que já dura 2 anos e nos milhões de desempregados, não é muito melhor ter um lugar certo para ir todos os dias do que ir apenas em entrevistas ou estar em um emprego temporário?

Isso, quando ainda se é chamado para algum trabalho, pois muitos ficam anos sem conseguir uma vaga.

E não é muito melhor ainda que você vá todos os dias com saúde e disposição para o seu local de trabalho? Sem reclamação ou percebendo a segunda-feira como um dia desanimador?

Eu sei que para muitas pessoas, seu próprio trabalho não faz muito sentido. Ou nenhum sentido.

        

Mesmo assim, enquanto não se encontra algo que tenha mais a ver com o que se espera, a atitude mais sábia é fazer o melhor que puder. É isso o que todo empregador espera.

E no final das contas, fazer o melhor possível pode até proporcionar um pouco da tão esperada sensação de realização. E abrir a mente para novas ideias e novos horizontes.

 

Saúde para trabalhar – uma grande dádiva

Se você tem saúde e um emprego, tem muitos motivos para agradecer.

Não é preciso pensar muito para se lembrar de várias pessoas que você conhece que estão desempregadas. Ou que estão com doenças crônicas. Ou com os dois.

Aliás, quantas pessoas você conhece que não estão com nenhuma doença crônica? Provavelmente poucas. O estilo de vida desequilibrado da atualidade está acabando com o planeta. E com nossas células.

As palavras daquele senhor me tocam profundamente. E a cada dia fazem mais sentido para mim.

É muito melhor você ter saúde e disposição para trabalhar e do que ir ao médico e ficar em casa se recuperando de alguma doença, seja ela aguda ou crônica.

Talvez uma vez ou outra, você ainda tenha o pensamento de que seria bom ficar doente alguns dias para descansar, para quebrar a rotina.

Eu também já pensei assim algumas vezes. E como me envergonho desse tipo de pensamento!

Parece que esses dias sempre se tornam diferentes dos outros. Nunca são semelhantes às folgas ou férias. É como se fossem dias meio inúteis, nos quais faltou algo. Talvez isso seja coisa de quem pensa demais – mas essa é a percepção que eu tive desses dias em casa.

As doenças foram reais. O mal-estar e as injeções também.

Valeu a pena pensar assim, querer ficar doente? Definitivamente, não.

Além disso, há o óbvio conflito interno: quais sementes mentais está plantando uma pessoa que pensa assim? 

São pensamentos de saúde? Ou de doença?

 

Por tudo isso, hoje concordo 100% com as palavras daquele sábio senhor.

“É muito melhor ter saúde para trabalhar do que ficar em casa com atestado.”

 

smileys sorrindo

 

Agradeça por sua saúde!

E sempre procure meios de torná-la melhor.

Alimente suas células com o que elas realmente precisam: bons alimentos, bons pensamentos e boas atitudes.

Não é fácil, mas dê o 1º passo. Ele é essencial para que qualquer mudança se torne realidade.

 

Encerro esse post com um breve poema.

Se puder, faça uma leitura bem lenta e em um momento tranquilo.

Reflita em cada um dos versos. E você vai ver como a maioria deles fará muito sentido para você, para sua própria vida.

 

Afinal de contas, todos nós precisamos, queremos e merecemos ter:

Saúde para trabalhar.

Saúde para cantar.

Saúde para pensar.

Saúde para amar.

 

Saúde para progredir.

Saúde para contribuir.

Saúde para aplaudir.

Saúde para sorrir.

 

Saúde para crescer.

Saúde para aprender.

Saúde para vencer.

Saúde para viver.

 

Créditos das imagens: Wilfried Pohnke e Alexas_Fotos – Pixabay

 

        

10 thoughts on “O melhor é ter saúde para trabalhar”

  1. Saúde é fundamental.Sem ela, nada vai avante,nem trabalho nem a vida!
    Há quem reclame de trabalhar e esqueça de agradecer por trabalho ainda ter.
    Lindo post!
    beijos, ótima semana! chica

    Reply
    • chica,

      Precisamos agradecer mais o que já temos em vez de focar no que não temos.

      Gostei da sua frase: sem saúde, nada vai avante. Não mesmo. Por isso, precisamos prestar muita atenção em nossos próprios pensamentos. Muitas vezes eles são nossos melhores aliados, mas muitas vezes, são a pior companhia que gostaríamos de ter.

      Boa semana!

      Reply
  2. Passando, vendo, relendo, elogiando a publicação, e desejando, um Feliz dia internacional da mulher, para si, e para todas as mulheres que por aqui passem e/ou façam parte da sua vida.. Não existe, e contra mim falo, a força que o coração e a alma de uma MULHER tem
    .
    Hoje escrevi: “ É lindo o coração da mulher “
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    Reply

Leave a Comment