Simplicidade e harmonia

Quando criei o blog em 2013, jamais pensei que o nome seria Simplicidade e Harmonia.

O nome escolhido era apenas Simplicidade. Algo mais direto e simples. Porém, com o domínio indisponível, precisei usar a imaginação e criar outro com o qual eu também me identificasse.

No início, estranhei minha própria escolha.

O nome ficou grande e não parecia tão bonito quanto a ideia inicial.

Com o tempo me acostumei e aos poucos comecei a perceber que esses substantivos são dois dos meus principais propósitos: ter uma vida mais simples, com um estilo mais minimalista e ao mesmo tempo mais harmônica.

Por mais incoerente que possa parecer, muitas vezes há desarmonia na simplicidade.

E harmonia em ambientes com grande quantidade de objetos.

Nem sempre ser simples significa ser organizado.

E nem sempre a simplicidade caminha junto com a harmonia.

 

Cartão com a frase less is more, menos é mais

 

Nem todos nasceram para a simplicidade

Se para alguns, a frase acima faz sentido, para outros pode até soar como algo absurdo.

Isso me fez lembrar uma vez que viajei com minha prima.

Ela levou uma mala menor com vários cremes, shampoos, enfim, produtos que ela usaria. Tudo em suas embalagens originais.

Eu coloquei o shampoo e o condicionador em embalagens pequenas, já que a viagem seria de mais ou menos 4 dias. O único creme que levei foi o protetor solar.

Então, uma senhora falou algo que nunca esqueci:

“Você iria se dar muito bem aqui, pois você é simples”.

Guardo essa frase com muito carinho até hoje.

É gratificante saber que de alguma forma eu consegui demonstrar a simplicidade que tanto almejo para a minha vida.

Tenho plena consciência de que não há um estilo de vida certo e um errado em relação à essa questão.

Minha prima se sente bem ao ter mais opções de produtos para usar. Isso faz sentido para ela.

Enquanto algumas pessoas se sentem bem com menos objetos para limpar e organizar, outras gostam de ter muitos objetos enfeitando a casa.

E todas estão certas.

Penso que cada um precisa buscar o que faz sentido para si mesmo.

 

Harmonia

Enquanto a simplicidade é algo opcional, com a harmonia o raciocínio parece ser bem diferente. Ou até oposto.

Quem gosta de viver em ambientes desarmônicos, desorganizados?

Acredito que ninguém.

A harmonia impacta a vida de uma maneira muito positiva, favorecendo o bem-estar físico e mental.

Ambientes bagunçados deixam a mente confusa. Porém, você já reparou que um ambiente organizado é capaz de proporcionar serenidade e clareza mental?

Apesar de ser tão importante, parece que a harmonia é a menos lembrada entre seus pares. Exceto na época das festividades natalinas.

Quanto você envia uma mensagem cumprimentando alguém pelo aniversário, é bem provável que use palavras como felicidade, saúde, riqueza, amor e paz. Mas alguma vez você acrescentou harmonia nesse grupo?

        

É bem provável que não.

Quando você fala sobre as qualidades que todos deveríamos ter, como honestidade, integridade, responsabilidade, justiça, resiliência e equilíbrio, quantas vezes você colocou a harmonia entre elas?

Por todas serem qualidades tão importantes, talvez a harmonia sequer tenha passado por sua mente.

Contudo, você já imaginou que sem ela todas as outras se tornam incompletas se pensarmos que a base para uma vida agradável é a harmonia entre pensamentos e atitudes?

Em 2013 eu não fazia ideia de que a harmonia é essencial para mim. E ao ler esse post, espero que você também perceba o lugar de destaque que ela merece em sua vida. 

Para finalizar, abaixo está um acróstico que criei com o título do blog.

 

Simplicidade e harmonia - acróstico

 

Flor com emoticon sorrindo e água por baixo.

 

 

Créditos das imagens: Pexels e Gerd Altmann – Pixabay

 

        

12 thoughts on “Simplicidade e harmonia”

  1. Tens toda razão! Quando as duas , simplicidade e harmonia juntas estão, fica bem melhor mesmo. E aliás, as diuas deveriam sempre fazer parte de nossas vidas. A harmonia dá um toque especial até na simplicidade! Lindo texto e gostei do acróscico! beijos, tudo de bom,chica

    Reply
  2. Procuro uma vida simples e harmônica.
    Simples de se levar, sempre vejo a beleza no simples, como chega a ser uma dádiva coisas que podemos fazer que tantos outros não conseguem, como andar, fazer xixi sem ajuda de ninguém, enxergar, etc.
    Ter uma vida simples é ter mais qualidade de vida.
    É focar as energias em fazer menos coisas que a socidade espera de nós e fazer mais coisas que sabemos que são importantes para nós.
    A harmonia também é muito importante pra mim.
    Seja nas relações humanas, no trabalho ou em casa, eu me sinto bem em um ambiente que tem uma vibração boa. Para mim, ambientes decorados são caóticos e carregam uma energia que não consigo permanecer no local. Não sou minimalista, mas gosto de ambientes onde menos é mais.
    É algo doido pensar que se pra mim o simples e harmônico é meu paraíso, para outros, o barulho, a complexidade e bagunça também o são!
    Claro, vamos aqui excluir as pessoas que vivem na bagunça e se sentem bem, mas existem aqueles onde isso é doença né ? (acumuladoes). Para eles, o caos faz todo o sentido. O caso da cantora Perla foi o que mais me impactou tempos atrás.

    Reply
    • Poney Investidor,

      Você citou algo importante: muitas vezes não damos valor às coisas simples porém essenciais para uma vida de qualidade.

      Penso que tempo e saúde são os maiores tesouros que possuímos, são a base de nossa vida. Sem eles, todas as outras coisas não poderão ser aproveitadas em sua plenitude.

      Sou como você: ambientes com menos objetos são mais agradáveis ao olhar e à mente. Enquanto para muitos, o que torna o ambiente agradável é exatamente o oposto. O que importa é viver de forma que faça sentido de forma pessoal (exceto em casos disfuncionais como você disse).

      Desculpe a demora na resposta do seu comentário.

      Boa semana!

      Reply
    • Edite,

      Bom saber que gostou do acróstico!

      Muitas vezes uma vida mais leve pode ser alcançada com poucas mudanças de pensamento e de atitudes diárias.

      Agradeço por sua visita. Fico feliz em saber que gostou do meu blog. 🙂

      Boa semana!

      Reply
  3. Muito lindo e bem ilustrado o texto, principalmente no quesito harmonia.
    Nota-se que nos desfiles carnavalesco, ela vem com peso nas classificações.
    Fala-se muito em harmonia, quando se pensa em cores, seja na vestimenta ou mesmo quando vai se pintar uma casa.
    Mais uma bela postagem Rosana.
    Carinhoso abraço e feliz fim de semana com harmonia.

    Reply
    • Toninho,

      “Fala-se muito em harmonia, quando se pensa em cores, seja na vestimenta ou mesmo quando vai se pintar uma casa.”
      Concordo.
      E pouco fala-se na harmonia dos próprios pensamentos, que na realidade, é onde tudo começa. Não é?

      Boa semana!

      Reply
  4. Belo texto! Harmonia é mais importante que simplicidade, sem dúvida. Frequentei de casas humildes a mansões e em ambas já vi desordem que atrapalha até a higiene mental.
    Do simples ao sofisticado (engraçado que o antônimo não seja “complexo”, quando falamos sobre vida), sem harmonia a possibilidade de estresse cresce exponencialmente. E não precisa de um feng shui da vida – a harmonia pode ser simples.
    Abraço

    Reply
    • Aposente Cedo,

      Gostei muito do seu comentário. Eu ainda não havia pensado sobre a harmonia ser mais importante do que a simplicidade. Faz muito sentido.

      Sem harmonia, a vida pode tornar-se caótica. E como ter saúde mental dessa forma?

      A harmonia pode mesmo ser simples. Não precisamos de tantas coisas, de tantas estratégias. Muitas vezes ter bons pensamentos já proporciona uma clareza mental muito boa.

      Abraços!

      Reply
    • Guilherme,

      “Quanto sabedoria encartada em tão poucas palavras!”
      Nossa! Fiquei muito feliz em sabe que gostou do meu post e que o acróstico foi tão útil à você. 🙂

      Abraços,

      Reply

Leave a Comment